Versos de Amor, Poesias Românticas, Poemas Carinho
 Versos de Amor, Poesias Românticas, Poemas de Carinho, Cartão Poesia
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
Textos

        

    

 

                                        
    
Glândulas esparsas de sabores
    Luz e sombra pelas matas nuas 
    Onde a dor e a saudade vadia
    Rondam as noites e as manhãs vazias
    Inda no sepulcro, as esperanças
    Acendem a vida repleta de nostalgia

    Castidade emocional ecoa
    Unhas e dedos se mesclam com ganas
    Nenhuma lucidez me emana
    Harmonia me falta e as manhas
    Aquecem os faróis dos olhos em chamas
 

 

Glória Cunha

                

 

Raio de Lua
Enviado por Raio de Lua em 14/02/2008
Alterado em 24/04/2013
Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

ESTE SITE É MELHOR
VIZUALIZADO NO
GOOGLE CHROME