Versos de Amor, Poesias Românticas, Poemas Carinho
 Versos de Amor, Poesias Românticas, Poemas de Carinho, Cartão Poesia
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
Textos

 
 
BONEQUINHA DE PANO

Vovó fez para mim
uma bonequinha de pano,
com cabelos longos e pretos
e vestido rodado branco.

Seus olhos eram grandes,
suas meias amarelas,
sua boca bem vermelha,
parecia Cinderela.

Brincávamos todos os dias,
íamos passear no jardim,
eu conversava com ela
e ela sorria pra mim.

Um dia ela se perdeu...
Um menino malvado apareceu...
Rasgou o seu vestidinho
e arrancou seus olhinhos.

Encontrei a pobrezinha
toda suja e rasgada,
caída na grama molhada,
sozinha no chão jogada.

Peguei a bonequinha,
levei para casa assim.
Vovó lavou e consertou
e ela voltou a sorrir pra mim.

Autora - Glória Cunha

Direitos autorais reservados



 
Raio de Lua
Enviado por Raio de Lua em 03/09/2007
Alterado em 17/10/2013
Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

ESTE SITE É MELHOR
VIZUALIZADO NO
GOOGLE CHROME