Versos de Amor, Poesias Românticas, Poemas Carinho
 Versos de Amor, Poesias Românticas, Poemas de Carinho, Cartão Poesia
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
Textos

Foto: divulgação/MDS.

ISTO VOCÊ NÃO VÊ NA IMPRENSA PARCIAL E PARTIDÁRIA
 

Pobreza entre a população negra regrediu 10,9% na última década
 
Políticas públicas de combate à pobreza, adotadas nos últimos 11 anos, alcançam índices surpreendentes, principalmente entre a população afrodescendente.

A pobreza multidimensional crônica entre a população negra do País caiu 10,9% nos últimos onze anos. Segundo o  Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), o percentual, foi reduzido de 12,6% , em 2002, para 1,7% no ano passado graças ao sucesso do Plano Brasil Sem Miséria. A análise  considera quesitos como acesso à educação, saúde, o padrão de vida das pessoas e outras subdivisões desses aspectos que integram o Índice de Pobreza Multidimensional (IPM) estabelecido pela Organizações das Nações Unidas (ONU). Em termos gerais, o  índice no País caiu de 8,3% para 1,1% da população.

 
bhxiwi0s.gif
 
Mais de 17,1 milhões de negros superaram extrema pobreza no país

O Dia Nacional da Consciência Negra, comemorado nesta quinta-feira (20), reforça a importância da articulação de políticas públicas para a superação da extrema pobreza entre a população negra. Desde 2011, quando foi criado o Plano Brasil Sem Miséria, mais de 17,1 milhões de negros superaram a miséria. As ações do governo federal contribuem para um resgate histórico, que melhora a renda das famílias e dá mais acesso à saúde e à educação.

 
bhxiwi0s.gif
 
Riquezas naturais são orgulho para maioria dos brasileiros
 
Pesquisa realizada pelo WWF e Ibope mostra brasileiro preocupado com a preservação ambiental, mas sem ser ver responsável por ela.
riquezas naturais do Brasil são consideradas a maior razão de orgulho para 58% dos brasileiros. É o que mostra uma pesquisa encomendada pela organização não-governamental internacional World Wide Fund for Nature (WWF) e realizada pelo Instituto Ibope, divulgada na terça-feira (18).
A lista incluía a diversidade social e cultural brasileira, escolhida por 37% dos entrevistados; esporte, por 30%; qualidade de vida, por 28% e a característica pacífica do país, considerada por 19% dos brasileiros.

 
bhxiwi0s.gif
 
Banco Mundial e ONU elogiam programas sociais e geração de empregos no Brasil
 
Representantes dos órgãos participaram do I Seminário Internacional WWP – Um Mundo Sem Pobreza e disseram que Brasil é referência mundial.
 
Margaret Grosh, do Banco Mundial: o Bolsa Família deveria ser conhecido no mundo todo para aprendermos.
Para o Banco Mundial e a Organização das Nações Unidas (ONU), as ações implantadas pelo Brasil para redução de desigualdades e combate à fome são referência mundial. De acordo com a economista-chefe de Desenvolvimento Humano na América Latina e Caribe do Banco Mundial, Margaret Grosh, e o diretor do escritório de Apoio a Políticas e Programas do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), Magdy Martínez-Solimán, a experiência brasileira é exemplo de sucesso.

 
bhxiwi0s.gif
 
Mais de 2,8 milhões de famílias abriram mão do Bolsa Família
 
Famílias melhoram de vida e tornam-se capazes de prover o próprio sustento.

O sucesso do programa Bolsa Família não é medido apenas pelos elogios de organismos internacionais ou pelos índices de redução da extrema pobreza. Dados do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) mostram que cada vez mais famílias mudam de vida e tornam-se capazes de prover o próprio sustento.
“Cada dia que passa nossa vida está melhor. Não tenho do que reclamar”, afirma a ex-beneficiária Neide.
 
bhxiwi0s.gif
Muitos países se espelham nos êxitos das políticas sociais do Brasil, afirma diretor do PNUD

O diretor do Escritório de Apoio a Políticas e Programas do PNUD, Magdy Martínez-Solimán, avaliou em entrevista ao Blog do Planalto que o Brasil se tornou referência para outros países na redução das desigualdades e no combate à fome. Ele está participando do I Seminário Internacional Mundo Sem Pobreza (WWP na sigla em inglês) e compôs nesta terça-feira (19) mesa sobre o tema: “É possível um mundo sem pobreza?” Ele destacou o papel da geração de empregos.

 
bhxiwi0s.gif
Raio de Lua
Enviado por Raio de Lua em 20/11/2014
Alterado em 24/11/2014
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

ESTE SITE É MELHOR
VIZUALIZADO NO
GOOGLE CHROME