Versos de Amor, Poesias Românticas, Poemas Carinho
 Versos de Amor, Poesias Românticas, Poemas de Carinho, Cartão Poesia
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
Textos



SEDUÇÃO
Luz que descortina os olhos rasos,
abre a porta de minh'alma a seus pés.
A beleza se aquece em sua lã,
em meus versos é palma da manhã.
 
Aguardo solitária suas mãos,
que mi'a pele tocará num doce canto.
Sinto estrelas a queimar o peito em chamas.
 
Ah, que doce sentimento almiscarado!
Borboletas me comovem em céu de luz.
 Diga-me, amor:
Com quantos olhos me seduz?

Autora - Glória Cunha Matutina

Versos de Amor

 

Raio de Lua
Enviado por Raio de Lua em 09/12/2013
Alterado em 27/05/2017
Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

ESTE SITE É MELHOR
VIZUALIZADO NO
GOOGLE CHROME