Versos de Amor, Poesias Românticas, Poemas Carinho
 Versos de Amor, Poesias Românticas, Poemas de Carinho, Cartão Poesia
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
Textos


45FM-1YS-2.jpg

SÚPLICA A UMA MÃE

Vendo-a agora tão frágil e pequenina
Neste momento de incerteza,
Trêmula como uma menina,
Insegura como um passarinho,
Só faz cortar meu coração.

Preciso chorar, mas as lágrimas não caem;
Anestesiada estou, pois não posso crer
Que possa deixar-me aqui sozinha.
Preciso de você mãezinha,
não sei se vou sobreviver.

Você que foi forte guerreira,
Que enfrentou tudo por mim
E não mediu esforços pra me ver sorrir;
Você sempre foi da vida meio e fim.

Agora vejo-me diante do drama.
Não estou preparada para perdê-la.
Por favor não vá, ainda acredito em milagres.
Fique comigo para sempre, mamãe.
Eu lhe peço.



Autora = Glória Cunha Matutina


jewelry.gif
 


Raio de Lua
Enviado por Raio de Lua em 07/05/2013
Alterado em 09/12/2013
Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

ESTE SITE É MELHOR
VIZUALIZADO NO
GOOGLE CHROME