Versos de Amor, Poesias Românticas, Poemas Carinho
 Versos de Amor, Poesias Românticas, Poemas de Carinho, Cartão Poesia
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
Textos

 


                                         
RECADO

Enquanto o sangue vivo insistir em percorrer
quente e ritmadamente  em minhas veias,
estarei a esperar pelo teu olhar.

Enquanto houver um resquício de vida vibrando
dentro de meu corpo, sonharei com o brilho
estrelar que transcende tua alma.

O olhar que espero e a vida que eu quero
vem da luz que brilha em ti.
Esta, nem a morte pode apagar.



Glória Cunha Matutina



barrinha20coracao3.gif
 
Raio de Lua
Enviado por Raio de Lua em 18/11/2006
Alterado em 06/12/2013
Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

ESTE SITE É MELHOR
VIZUALIZADO NO
GOOGLE CHROME