Versos de Amor, Poesias Românticas, Poemas Carinho
 Versos de Amor, Poesias Românticas, Poemas de Carinho, Cartão Poesia
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
Textos

  Mosca-azul.jpg

NINA, A FLOR

Nascida no cerrado
onde pouca luz havia,
Nina era moça-flor
desprovida de vaidade.

Lutou contra tempestades,
trabalhou todos os dias,
estudou e se esforçou
pra alcançar lugar ao sol.

Um belo dia então,
foi chamada a ser rainha
e com toda delicadeza
se prestou ao combinado.

Mas, eis que de repente
o orgulho lhe engoliu,
surgiram várias Moscas
a zumbir em seu ouvido
e Nina atrapalhada
pisou no seu passado
se tornando uma mentira,
se prestando aos desvarios
e em nome da vaidade
se perdeu do seu caminho
e hoje desatinada
não sabe mais seu rumo.

A Mosca Azul lhe picou,
contaminou seu coração
e ela desavisada
se juntou ao tosco enxame
se tornando só fantoche
e perdida a inocência
vestiu o uniforme
e foi pro outro lado do muro.

E no fim desse episódio
Nina já não sabe mais
de onde veio nem pra onde vai.

Glória Cunha



mosca%5B1%5D.jpg


Poesias e Músicas Aqui
 
 

Raio de Lua
Enviado por Raio de Lua em 25/09/2010
Alterado em 28/05/2013
Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

ESTE SITE É MELHOR
VIZUALIZADO NO
GOOGLE CHROME