Versos de Amor, Poesias Românticas, Poemas Carinho
 Versos de Amor, Poesias Românticas, Poemas de Carinho, Cartão Poesia
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
Textos

        


                                 REFLEXÃO - MERCADORES DA FÉ

          Será que um dia nós os seres civilizados, deixaremos de acreditar em lendas, mitos, falsos profetas, prestidigitadores da verdade, mágicos de salão, e vamos encarar a realidade da vida?

          Quando é que nós vamos dar um basta nessa corja de gatunos insaciáveis que se especializaram na mentira e enganação, e que vivem iludindo as pessoas com falsas promessas de entrar no céu em troca de 10% de dízimo e aterrorizando com culpa, pecado e ameaças de Juízo Final?

          Quando chegará o dia em que nós vamos abrir os olhos e buscar viver sem falsas ilusões, sem religiões inventadas para nos dominar e invadir nossas vidas íntimas com terrorismo e ameaças de punição?

          Quando será que nós vamos desmascarar os sórdidos ilusionistas  que enganam a todos por dinheiro e poder, ludibriando  e simulando contato com espíritos e seres extraterrestres, discos voadores e outras picaretagens que disseminam por aí?

          E os "magos" que se dizem conhecedores dos segredos ocultos do universo, adivinhos que arrancam dinheiro dos incautos com falsas previsões do futuro? 

          Tem também os sacerdotes que se auto-denominam representantes de Deus na Terra... Quanta pretensão! Outros vendem milhões de livros mentirosos e ficam cada vez mais ricos às custas dos ingênuos e carentes que acreditam nas suas "sabedorias" fantásticas.

          Quando vamos acordar e viver a vida na real simplicidade sem buscar o sobrenatural que nunca existiu? Espero viver para presenciar o dia em que todos esses abutres serão punidos e banidos da face da Terra, para o progresso e o bem da humanidade.

Raio de Lua
Enviado por Raio de Lua em 13/04/2010
Alterado em 30/05/2013
Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

ESTE SITE É MELHOR
VIZUALIZADO NO
GOOGLE CHROME