Versos de Amor, Poesias Românticas, Poemas Carinho
 Versos de Amor, Poesias Românticas, Poemas de Carinho, Cartão Poesia
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
Textos




NOITE
                             
Noite adentro de desejos agonizo,
abre o dia e não sei o que fazer,
e nem vejo qual caminho vou seguir.

A distância ao desespero me convida,
nessa ausência, nessa angústia sem saída,
não há nada que aplaine essa partida.

A pétala d'alma está ressequida.

Os olhos estão molhados, mas sem vida.




 

Raio de Lua
Enviado por Raio de Lua em 02/03/2009
Alterado em 02/04/2013
Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

ESTE SITE É MELHOR
VIZUALIZADO NO
GOOGLE CHROME